Índice TOR-TOM - 2ª Edição
Índice TOR-TOM - 2ª Edição

O Método TOR-TOM vem sendo utilizado, há anos, por inúmeras empresas no Brasil nas análises ergonômicas, na definição do risco ergonômico, na orientação de melhorias ergonômicas e também no gerenciamento da produtividade segura. O livro original, lançado pelo prof. Hudson Couto em 2006, está esgotado desde 2009.

Nesta nova edição, além de uma série de aperfeiçoamentos quanto à validade, reprodutibilidade e entendimento do Método, há uma nova parte especial, dedicada à apresentação de 25 Aplicações Práticas do Método, que são divididas em 7 grupos:

  1. Ferramenta básica de auxílio à análise ergonômica em tarefas de manufatura
  2. Definição da existência ou não de risco ergonômico nas atividades manuais e intelectuais feitas de forma habitual
  3. Orientação administrativa à gerência quanto à correção das condições de risco ergonômico
  4. Prescrição de trabalho de forma produtiva
  5. Avaliação dos fatores do ambiente que podem trazer risco ergonômico
  6. Dosimetria da exposição individual aos fatores de carga de trabalho
  7. Ferramenta prática para Mapeamento Ergonômico com o Índice de Conforto Ergonômico em 12 Passos
  8.  

Na compra do livro, o usuário receberá por e-mail um link para download e ativação do software TOR-TOM.


O USO DO ÍNDICE TOR-TOM

A definição quanto à existência ou não de risco ergonômico é algo complexo que exige conhecimento científico e a capacidade de perceber detalhes e sutilezas. Muitas vezes, o simples de fato de se classificar um trabalho como repetitivo costuma implicar no mal-entendido de ser essa uma tarefa de risco. E ocorre que, especialmente em tarefas de exigências de membros superiores, muitas vezes afirma-se haver risco ergonômico quando, na realidade, a existência de mecanismos de regulação anula a exigência biomecânica. Mas também ocorre o contrário, especialmente sabendo-se que o impacto da ergonomia na origem de risco ergonômico pode ocorrer por outros tantos fatores.


DETALHES DO PRODUTO

Editora: Ergo Editora
Páginas: 360 páginas; capa dura
Ano de publicação: 2012
Edição: 2ª

Acompanha link exclusivo para download com instalador do Software e vídeos explicativos.

395.00

Índice TOR-TOM - 2ª Edição

R$ 395,00

3x sem juros de R$ 131,67

Qtd:  

Coloque o destino para simular o frete.

CEP:

O Método TOR-TOM vem sendo utilizado, há anos, por inúmeras empresas no Brasil nas análises ergonômicas, na definição do risco ergonômico, na orientação de melhorias ergonômicas e também no gerenciamento da produtividade segura. O livro original, lançado pelo prof. Hudson Couto em 2006, está esgotado desde 2009.

Nesta nova edição, além de uma série de aperfeiçoamentos quanto à validade, reprodutibilidade e entendimento do Método, há uma nova parte especial, dedicada à apresentação de 25 Aplicações Práticas do Método, que são divididas em 7 grupos:

  1. Ferramenta básica de auxílio à análise ergonômica em tarefas de manufatura
  2. Definição da existência ou não de risco ergonômico nas atividades manuais e intelectuais feitas de forma habitual
  3. Orientação administrativa à gerência quanto à correção das condições de risco ergonômico
  4. Prescrição de trabalho de forma produtiva
  5. Avaliação dos fatores do ambiente que podem trazer risco ergonômico
  6. Dosimetria da exposição individual aos fatores de carga de trabalho
  7. Ferramenta prática para Mapeamento Ergonômico com o Índice de Conforto Ergonômico em 12 Passos
  8.  

Na compra do livro, o usuário receberá por e-mail um link para download e ativação do software TOR-TOM.


O USO DO ÍNDICE TOR-TOM

A definição quanto à existência ou não de risco ergonômico é algo complexo que exige conhecimento científico e a capacidade de perceber detalhes e sutilezas. Muitas vezes, o simples de fato de se classificar um trabalho como repetitivo costuma implicar no mal-entendido de ser essa uma tarefa de risco. E ocorre que, especialmente em tarefas de exigências de membros superiores, muitas vezes afirma-se haver risco ergonômico quando, na realidade, a existência de mecanismos de regulação anula a exigência biomecânica. Mas também ocorre o contrário, especialmente sabendo-se que o impacto da ergonomia na origem de risco ergonômico pode ocorrer por outros tantos fatores.


DETALHES DO PRODUTO

Editora: Ergo Editora
Páginas: 360 páginas; capa dura
Ano de publicação: 2012
Edição: 2ª

Acompanha link exclusivo para download com instalador do Software e vídeos explicativos.

Fazer um comentário

Seu Nome:


E-mail


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:





Índice TOR-TOM - 2ª Edição

R$ 395,00

3x sem juros de R$ 131,67